“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

29 de Maio de 2018 Cancelamento Notícia Séries
ABC cancela Roseanne após comentários racistas da protagonista


ABC cancela Roseanne após comentários racistas da protagonista (Reprodução)

Após comentarios de ódio propagados por Roseanne Barr no Twitter, a ABC a demitiu e cancelou Roseanne.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

“A declaração no Twitter de Roseanne é repugnante e inconsistente com nossos valores, e decidimos cancelar seu programa”, escreveu Channing Dungey, presidente da ABC Entertainment, em um comunicado.

Muitos esperavam que a ABC esperaria esse escandalo morrer aos poucos, uma vez que Roseanne é o programa com maior audiência esse ano e prometia trazer quantias enormes de anunciantes. Em vez disso, a ABC enviou uma declaração de que não toleraria tal linguagem e ódio de sua principal estrela. E é um sinal de que a rede percebeu que iria enfrentar protestos e talvez boicotes publicitários nos próximos meses se o programa continuasse. A ABC tinha planejado mostrar o show em um evento de imprensa do Emmy neste fim de semana, por exemplo, e não teria sido possível evitar perguntas sobre sua estrela e o destino do show.

O cancelamento veio após a condenação rápida de Barr em Hollywood, incluindo da co-estrela (e produtora executiva) Sara Gilbert: “Os recentes comentários de Roseanne sobre Valerie Jarrett, e muito mais, são repugnantes e não refletem as crenças de nosso elenco e equipe ou alguém associado ao nosso show. Estou decepcionado com as ações dela, para dizer o mínimo ”, escreveu ela. “Isso é incrivelmente triste e difícil para todos nós, pois criamos um programa em que acreditamos, nos orgulhamos e que o público ama – um que é separado e separado das opiniões e palavras de um membro do elenco”.

O movimento foi reforçado depois que a produtora de consultoria Wanda Sykes anunciou que não iria mais trabalhar em Roseanne. Outra escritora, Whitney Cummings, já havia partido do programa.

Há precedentes para que emissoras ignorem que suas estrelas propaguem absurdos racistas: NBC se manteve com Donald Trump como apresentador de Celebrity Apprentice enquanto o mesmo lançava uma campanha, para dizer o mínimo, desagradável contra o presidente Barack Obama, acusando-o de não ser americano. A NBC saiu de seu relacionamento com Trump praticamente ilesa.

Mas, mais recentemente, também houve precedência para as redes tomarem decisões rápidas quando se trata de talentos que foram acusados de má conduta, como o âncora do “Today” Matt Lauer e o astro de “House of Cards”, Kevin Spacey.

Talvez tornando as coisas mais fáceis para a ABC, Roseanne se estabeleceu em números mais baixos depois de sua tremenda estréia, e não havia garantia de que voltaria a essas alturas. (Outras séries de retorno, como Will & Grace, tiveram grandes aberturas similares seguidas de erosão). No entanto, Roseanne era grande o suficiente para que ninguém esperasse que a ABC puxasse completamente a tomada tão rapidamente.

No final, a decisão de cancelar Roseanne veio baseada em uma série de declarações ofensivas que Barr já constumava fazer no passado, mas a gota d’água foi seu ataque racista a ex-conselheira de Obama, Valerie Jarrett. Não havia sido a primeira vez que Barr havia comparado uma mulher negra a um macaco, tendo feito a mesma coisa em 2013 com a ex-assessora de segurança nacional Susan Rice.

A rede ABC botou um ponto final e mandou uma mensagem bem clara de que não importa se você é a estrela de muito sucesso, ações têm consequências.

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!