“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

9 de Maio de 2018 Animes Notícia Review
Review | Sanrio Danshi e a Construção Social de Gênero
Review | Sanrio Danshi e a Construção Social de Gênero (Reprodução)

É certo que as empresas do ramo do entretenimento fazem o possível para abrir seu leque publicitário e atingir novos públicos ou reconquistar áreas do seu público padrão que estejam defasadas. E foi nessa vibe que a Sanrio criou Sanrio Danshi, seu mais novo anime.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Para os perdidos, a Sanrio é uma empresa japonesa responsável pela criação de personagens que ficaram conhecidos mundialmente, como Hello Kitty, Cinnamaroll, Chococat e a mais recente Aggretsuko. Porém, seus personagens são vistos como sendo feitos “apenas para garotas”. E é exatamente essa ideologia que o Sanrio Danshi questiona.

O anime, também conhecido como Sanrio Boys, teve seu início no dia 6 de janeiro de 2018 e já conta com uma temporada completa com 12 episódios, porém sem nenhuma informação sobre uma possível continuação. Também participaram da produção do anime os estúdios Pony Canyon (Fairy Tail, Shingeki no Kyojin e Violet Evergarden) e Pierrot Plus (Tokyo Ghoul: Re, Beelzebub e Mahou Shoujo Ore).

Sanrio Danshi segue Hasegawa Kouta, um garoto colegial comum com um segredo: ele gosta do famoso cachorro amarelo da Sanrio, o Pom Pom Purin (se você não conhece, é só olhar na foto). O garoto se sente muito constrangido por gostar de um personagem fofo criado com público-alvo feminino, até que ele conhece Mizuno Yuu, um garoto que vai lhe ensinar uma das coisas mais bonitas nesse anime:

Não precisa ter vergonha de algo que você gosta.

E, com o passar dos episódios, vamos conhecendo outros garotos que passam pelo mesmo problema que Kouta, também gostam de personagens da Sanrio. E, junto com eles, vamos aprendendo uma valiosa lição sobre auto-aceitação e sobre como está tudo bem em gostar de algo que não foi originalmente feito para o seu gênero. Afinal, gênero é apenas uma construção social, no fundo somos todos pessoas e podemos gostar de qualquer coisa.

Inclusive, uma coisa que o Sanrio Danshi nos mostra, de uma forma bem sutil, é que gostar de algo “feminino” não torna um garoto menos másculo. Inclusive, não é raro ver os personagens em poses e cenas másculas, porém sempre com objetos dos personagens da Sanrio.

Vale a pena destacar também as cenas em primeira pessoa que podemos ver em todos os episódios. Geralmente, essas cenas acontecem em ambientes onde o personagem interage com algum figurante e podemos ver a cena acontecer pelos olhos desse segundo personagem, que nunca é alguém já nomeado. Isso, obviamente, aumenta a sensação de imersão na história, apesar de que essas cenas nunca são algo relevante para o enredo.

Sanrio Danshi foca muito no drama interpessoal de todos os personagens com a própria família, amigos e colegas. Então, apesar de ser um anime feito com propósitos obviamente comerciais, Sanrio Danshi se mostra como mais um daqueles animes que assistimos e no final temos uma sensação de aquecer o coração.

Confira também outras reviews de animes clicando aqui.

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!