“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

4 de Maio de 2018 Animes Filmes Review
Review | Batman Ninja: uma junção que deu certo
Review | Batman Ninja: uma junção que deu certo (Reprodução)

Muitos podem afirmar que a DC Comics nem sempre acerta em seus filmes live actions, não é mesmo? Porém, o mesmo não pode ser dito de seus filmes animados, que conseguem nos trazer toda a emoção dos quadrinhos. E, no caso de Batman Ninja, foi uma aposta que deu certo.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Batman Ninja é um filme de animação no estilo japonês da Warner Bros. Foi dirigido por Junpei Mizusaki (responsável por Jojo’s Bizarre Adventure: Stardust Crusaders e Cocolors) e com roteiro feito por Kazuki Nakashima (Concrete Revolutio, Kill La Kill e Tengen Toppa Gurren Lagann). O design dos personagens foi feito por Kazuki Nakashima, o mesmo do anime dos X-Men e de Afro Samurai.

O filme conta a história do Batman (sério?) inserido no contexto do Japão feudal pelo Gorila Grodd. Acontece que o homem morcego não foi o único enviado no tempo, todas as personalidades relevantes da cidade foram junto com ele. Acontece que todos chegaram bem antes do Batman e tomaram conta do Japão, que, então, estava dividido em quatro grandes feudos, que ficaram sob os domínios de Hera Venenosa, Exterminador, Duas Caras e Pinguim. E, no comando geral dos feudos, temos o casal mais conhecido de Gotham City, Coringa e Arlequina.

Batman logo se encontra com Mulher Gato, Alfred e todo o resto da Bat-família. Juntos, os personagens tem o desafio de derrotar o Coringa que, atualmente, está em posse da máquina do tempo que trouxe todos à essa época. Mas, é claro, que não seria tão fácil assim, pois todos querem a máquina do tempo, e os planos de alguns não envolvem, exatamente, voltar para o presente.

Nesse contexto, temos em Batman Ninja animação incrível no estilo anime que pode incomodar alguns dos fãs mais fieis do Cavaleiro das Trevas, por conta dos seus exageros. Estes, são vistos como normais para os fãs das animações japonesas, pois podemos encontrar personagens muito caricatos, robôs gigantes e muitas referências. Por exemplo, em certo momento de Batman Ninja, podemos ver vários “robôs” gigantes, bem no estilo Super Sentai e Power Rangers. E o melhor: esses robôs se juntam para fazer (exatamente!) um Megazord! E, é claro, temos a icônica cena onde o Cavaleiro das Trevas faz um justsu!

Apesar dos exageros (que chegam a ser cômicos), Batman Ninja nos apresenta uma ótima história, com uma trilha sonora que nos ambienta à época, personagens bem desenvolvidos e um enredo bem peculiar, de um modo que chega a ser divertido e interessante.

Confira também outras reviews de animes clicando aqui.

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!