“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

29 de Abril de 2018 Animes Review
Review | Aggretsuko: fofa e raivosa!
Review | Aggretsuko: fofa e raivosa! (Reprodução)

Todo mundo tem aquele momento estressante no dia, em que você só quer gritar pro mundo o quanto você está com raiva mas, por motivos sociais, não fazemos, não é mesmo? Bem, em Aggretsuko, nossa protagonista faz LITERALMENTE isso.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Aggretsuko é um anime produzido pela Netflix e pela Sanrio (isso mesmo, a mesma que criou Hello Kitty, Chococat e Sanrio Boys ). Foi disponibilizado pelo serviço de Streaming agora em abril de 2018 e conta com um total de 10 episódios de 15 minutos cada. Foi baseado no anime “Aggressive Restusko” lançado apenas pela Sanrio em 2016 e que conta com um total de 100 episódios de 1 minuto (e que podem ser vistos até mesmo no Youtube).

Não se deixe levar pelo visual fofinho. Aggretsuko conta a história de Retsuko, uma panda vermelha, 25 anos, solteira, escorpiana, tipo sanguíneo A. Ela leva uma vida estressante, tendo que aturar o chefe que é, literalmente, um porco machista; a gerente, que não passa de uma cobra venenosa; colegas de trabalho que são stalkers, fofoqueiros, chatos e indesejáveis; dias difíceis no trabalho… Enfim, gente como a gente, não é mesmo? E, como já é de se esperar, isso tudo deixa Retsuko muito brava. Mas, o que ela faz para aliviar o stress? Ela libera seu modo rage e vira um monstro do Heavy Metal.

Por diversas vezes ao longo dos episódios, podemos ver Retsuko liberando toda a sua raiva, trancada no banheiro, através de um screamo bem violento. Mas tudo, é claro, sem deixar transparecer sua fachada de boa moça panda. Daí, vem o nome da animação, que nada mais é do que uma junção das palavras “aggressive” (agressivo, em inglês) e “Retsuko“.

Aggretsuko nos apresenta uma sátira sobre o mundo corporativo, abordando diversos assuntos do nosso dia-a-dia no trabalho, como assédio moral, intrigas internas, funcionários “puxa-saco”, machismo. Tudo com muito humor e situações extremamente engraçadas.

Inclusive, sobre o machismo, vale a pena destacar que Retsuko é uma personagem que vai se tornando feminista ao longo dos episódios. Bem no começo, podemos ver que, por mais que ela reconheça que o chefe Porcão é um machista e que ele não deveria fazer o que faz, alguns de seus ideias se resumem em conhecer um boy rico e se tornar uma dona de casa pra ele. Porém, ao longo do anime, essa visão vai mudando, e logo nossa personagem nota que ela não precisa de um cara pra que seja realizada na vida.

Por ser curto, qualquer descrição mais detalhada de Aggretsuko vai ser um spoiler, mas é uma anime que vale muito a pena ser assistido, principalmente para, assim como Retsuko, relaxar depois daquele dia cansativo.

Confira também outras reviews de animes clicando aqui.

SOS | Outras Notícias Relacionadas:
Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!