“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

14 de Janeiro de 2018 Review Séries
Crítica | Deus Salve o Rei: Semana 1
Crítica | Deus Salve o Rei: Semana 1 (Reprodução)

No dia 9 de janeiro estreou a melhor produção da Rede Globo feita até hoje. Com efeitos especiais, figurino, ambientação e enredo de qualidade jamais vista em uma novela, Deus Salve o Rei mostrou em uma semana que tem de tudo para ganhar um Emmy!

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Antes mesmo de estrear já veio chamando a atenção do público com os vários comerciais e teasers, com bastante antecedência. Ainda nem havia chegado o último mês de 2017 e os anúncios corriam a solto. É notável que a emissora investiu muito na novela, mirando suas flechas em outros alvos, nos seriadores, como eu e você, que acompanham bons dramas medievais e assistem seus conteúdos em streamings. Tanto que liberou em seu próprio serviço de streaming acesso livre para não assinantes assistirem (Duvido muito que será até os últimos capítulos, mas pelo menos essa primeira semana está lá toda no Globo Play!).

Acompanhando nessa semana, tanto a novela, quanto os comentários na internet, a flecha atingiu em cheio seus alvos. A atenção está ganhada, seja boa ou ruim.

Os cinéfilos se renderam:

 

 

 

Há quem compare com Game of Thrones:

 

 

Mas tem gente que deu uma resposta boa pra esse pessoal:

 

Fato. Mas sim, a maior parte da atenção ganhada pelo público que não assiste novelas é pela comparação com Game of Thrones. E está tudo bem, gente.

A verdade é que, tecnicamente, a novela está perfeita! O investimento foi alto e o resultado está ótimo. Cara, quando que uma novela teve uma produção dessas?! Parece bastidores de produções gringas:

Apesar de algumas atuações um pouco artificiais, ainda assim tem outras ótimas que se destacam muito mais: Rosamaria Murtinho como Crisélia, a mais velha da família real de Montemor, intercalando entre momentos de sabedoria política e loucura; o mimado e excêntrico Rodolfo, interpretado por Johnny Massaro, capaz de render ótimas cenas de alívio cômico; Caio Blat como Cássio, convencendo muito como um nobre e leal integrante da Guarda Real; e o experiente Marco Nanini como Augusto, rei de Artena, tomando para si todas as cenas em que aparece, dando verossimilhança através de uma atuação muito competente, fora do senso comum visto em novelas.

O problema, e digo isso como a pessoa acostumada com seriados, é justamente o formato novela. São episódios diários, com exceção dos domingos, de em torno de 45 minutos, com provavelmente mais de 60 capítulos. O receio de ter enrolações ou queda de qualidade no roteiro é muito! Se uma série de 24 episódios por temporada costuma ter seus deslizes, imagine uma novela! O tempo é muito longo. O público dos seriados, em grande parte, não é acostumado ao formato novela. A liberação de capítulos gratuitos na Globo Play é uma ótima estratégia para esse alvo, mas para mantê-los, é necessário que o enredo não se perca. Não há espaço aqui para os clichês de novelas para encher linguiça. Pelo menos com os episódios dessa primeira semana, o rei foi salvo. A atenção para Deus Salve o Rei continua.

Essa semana, apesar de que o romance entre Afonso e Amália tenha enrolado um pouco da trama política em algumas partes, deu uma boa introdução do mundo de Deus Salve o Rei, entregando tanto enredo e produção novas no formato novela. Até mesmo foi apresentada uma pequena parte envolvendo o sobrenatural em uma mitologia desse mundo. Confira abaixo o resumo de cada capítulo da semana 1, junto do link do Globo Play:

 

Capítulo 1 (terça-feira, 09/01/2018)

Já na primeira cena é notável que essa é uma novela muito diferente de tudo que foi feito antes. Com uma cena de abertura incrível com uma batalha em “câmera lenta” ocorrida no passado, Deus Salve o Rei abre as portas para a história de dois reinos, Montemor e Artena. O primeiro, por falta de água, entra em acordo com o segundo oferecendo minério. Assim, é construído um aqueduto, mas na inauguração, acaba não funcionado.

A trama política é muito boa, mostrando que, apesar da momentânea paz entre os dois reinos, ambas as partes têm pontas frágeis pelo diálogo mostrando ideias divergentes entre a geração mais nova. Os efeitos especiais estão ótimos. O desastre com o aqueduto, quebrando uma parte de uma das torres do castelo, é uma cena jamais vista antes em uma novela. Não soa artificial.

Vendo que a que a avó está tendo crises de falta de memória, Afonso anuncia que assim que voltar da expedição, assumirá o trono de Montemor. Entretanto, no caminho, o futuro rei e seus cavaleiros são atacados por saqueadores, deixando Afonso ferido. Uma feirante do reino de Artena chamada Amália (a mocinha da novela), o encontra e o leva para a casa de seus pais para cuidar dos ferimentos.

 

 

Capítulo 2 (quarta-feira, 10/01/2018)

“Fazer alguém feliz não deveria ser algo que demandasse esforço.”

Quando Afonso acorda, Amália explica que ela e seu irmão, Tiago, o encontraram ferido, então levaram para Artena, para cuidar dos ferimentos. Ele não conta que é príncipe de Montemor, mas mente, dizendo que é ferreiro. Catarina, princesa de Artena, está brava com o casamento arranjado pelo seu pai, mas, apesar do desgosto, continua com a cerimônia do anúncio de casamento com o marquês. Ela tenta pedir apoio a Demétrio, conselheiro do rei, para que ele o influencie a cancelar o casamento, mas ele recusa. A tropa real de Montemor vai a procura do príncipe, mas, ao ver o corpo do ladrão perto de seu cavalo, acredita que ele morreu. A fim de não piorar o estado mental da rainha, Rodolfo decide esconder a notícia da avó, mas ela acaba escutando a conversa.

 

 

Capítulo 3 (quinta-feira, 11/01/2018)

Crisélia não acredita na morte do neto e ordena que o busquem na floresta. Sua doença piora, fazendo com que ela perambule pela praça de Montemor, causando olhares de seu povo. Em um momento de lucidez, ela pede a Cássio que apoio Rodolfo, seu neto mais novo, caso ele precise tomar posse do trono.

Catarina recebe galanteios de outro, e ainda não está interessada em prosseguir com o casamento com o marquês. Afonso tenta voltar para Montemor, mas Amália impede, preocupada com seus ferimentos. Os dois se beijam e Virgílio, noivo de Amália, presencia a cena.

 

 

Capítulo 4 (sexta-feira, 12/01/2018)

Virgílio bate em Afonso, piorando seus ferimentos. Amália termina seu noivado, alegando que não se sentia feliz. Em Montemor, Crisélia anuncia ao povo que seu neto Rodolfo assumirá o trono, pois o legítimo havia morrido. Em seu discurso atrapalhado, Rodolfo acaba não ganhando a confiança de seu povo. Em Artena, Catarina sente que Constantino compartilha de suas ideias sobre fortalecer o exército do reino. Amélia diz a Afonso notícias do reino vizinho, de que o rei de Montemor foi dado como morto, sem saber que ele é o rei.

 

Capítulo 5 (sábado, 13/01/2018)

 

Afonso parte para Montemor, e pede que Amália confie nele. No caminho, ele tem um encontro com a Velha Mandingueira, que lhe conta uma profecia sobre seu futuro e os perigos que passará com uma mulher que diz paz, mas que trará guerra.

De volta ao caminho de Montemor, Afonso se depara com Virgílio, que deseja vingança por ter perdido Amália. Eles lutam, Afonso vence, mas poupa Virgílio.

Tomada pela loucura, Crisélia ordena que o exército de Montemor fique pronto para atacar Artena, sem nenhum motivo. Rodolfo fica desesperado pelas ações da avó, mas não tem coragem o suficiente para impedir e assumir o trono. Há faíscas de guerra não anunciada em ambos os reinos, pois Catarina se encanta com a qualificação do exército de Constantino e se interessa em melhorar o exército de Artena, alegando que os dias de paz podem estar contados, considerando que o único vínculo é entre os reis anciões.

Crisélia vê um beija-flor na janela, fruto de sua insanidade, e pula da sacada da torre do castelo. Afonso chega em Montemor.

O que está achando de Deus Salve o Rei? Depois desse capítulo de sábado, nunca mais reclamo desse formato de episódio diário. Imagine ter que esperar uma semana inteira para ter a continuação!  😯

SOS | Outras Notícias Relacionadas:
Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!