“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

9 de Julho de 2017 Filmes Review
Resenha | O Zoológico de Varsóvia


Resenha | O Zoológico de Varsóvia (Reprodução)

O Zoológico de Varsóvia teve sua estreia mundial no dia 7 de Março de 2017, porém somente agora em Julho tomei coragem de encarar essa história que como todas as outras onde o cenário é o holocausto, de bonita não tem muita coisa.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

O filme é baseado na história real do casal Antonina e Jan Zabinski que eram funcionários do Jardim Zoológico de Varsóvia quando o exército nazista alemão invadiu a Polônia em 1939. As estruturas do local foram destruídas e muitos animais mortos, mas o casal permaneceu no local e, inseridos na resistência, passaram a utilizar as instalações para esconder judeus e assim salvaram aproximadamente 300 vidas durante a Segunda Guerra Mundial.

Quem costuma assistir filmes que retratam histórias do Holocausto, seja de sobreviventes ou não, sabe que não existe nenhuma possibilidade de o principal sentimento pelo o filme ser bom. É triste, é dolorido e é uma experiência que muitas vezes acaba sendo necessária para acreditarmos na bondade do ser humano, mesmo que no meio de tanta maldade e terror. O Zoológico de Varsóvia consegue rapidamente te arrastar para a realidade inimaginável da época e no desespero de quem viu a guerra chegar como quem recebe uma visita inesperada em casa. Acompanhamos os personagens em alguns dias tranquilos antes dos bombardeios chegarem a cidade e vemos a forma desumana que a realidade daquelas pessoas foi transformada em um pesadelo da noite para o dia.

Eu achei bem interessante o filme contar a história de pessoas que tinham relação com o zoológico, particularmente eu nunca havia parado para pensar na consequência de um ataque sob um lugar como este, com tantos animais selvagens e vidas que deveriam ser protegidas. O começo da guerra consegue te passar todo o desespero de ver o zoológico sendo destruído e os animais perdidos no meio do caos, o sentimento de dor e pânico só aumenta quando você tem que enfrentar a realidade do que aquilo significou, que foi vidas de animais sendo tiradas por bombas, por soldados e por motivos que não fazem jus ao preço pago por aquelas criaturas.

Quando você vê o trailer ou o poster do filme a impressão é que você vai acompanhar toda uma jornada dos animais e seus “donos” durante o desastre em Varsóvia, porém O Zoológico de Varsóvia conseguiu mostrar, mesmo que em um ambiente virado para outra espécie, como o ser humano consegue priorizar o bem estar de um igual ao invés de uma segurança cega. Após o desastre, o filme muda rapidamente o seu foco para a família Zabinski, o olhar de Jan para a tragédia consegue te colocar dentro da situação, afinal o choque que hoje sentimos ao ver histórias reais sendo relatadas como esta também passou por algumas pessoas da época e o personagem é usado de forma genial a mostrar o incentivo (ou o desespero) que levou as pessoas a arriscarem suas próprias vidas e famílias para ajudar o próximo.

Conforme somos apresentados ao plano do casal de tentar ajudar a esconder judeus, apesar das cenas paradas, somos imediatamente envolvidos dos primeiros aos últimos minutos. Cada cena “arrastada” prova que faz parte do desenvolvimento para aquele ambiente e te seguram nos momentos tristes e felizes.

Como qualquer personagem que vem de uma história real de sobrevivência, devo dizer que poder conhecer um pouco do feito de Jan e Antonina despertou uma esperança, e talvez uma gratidão, indescritível por ambos que em um período tão caótico como o Holocausto, não fecharam os olhos tanto para as pessoas quanto os animais. O impacto do que levou o casal aquilo, cenas fortíssimas que talvez impactem mais do que algumas já feitas no cinema sobre o assunto por envolver outros seres vivos, é necessário e real. Você sente a pior parte dessa história e as atuações de Jessica Chastain, que merece ser enaltecida não só por esse mas por suas escolhas de projetos recentes, só completa um projeto que com sua produção e enredo muito bem elaborado traz um filme com uma história demasiadamente conhecida, porém necessária cada vez que possível apresentar um novo aspecto, uma nova façanha impossível por aqueles que presenciaram o Holocausto.

O Zoológico de Varsóvia é um filme triste, aquela obra que te deixa pensativo sobre o mundo, sobre os seres humanos, sobre o passado e porquê não até mesmo o futuro… O objetivo de atingir os sentimentos do público funciona perfeitamente aqui e apesar de todo o gosto amargo que traz a sua boca ao presenciar barbaridades, consegue equilibrar com personagens que te emocionam só de você saber que viveram aquilo na vida real.

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!