“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

2 de Fevereiro de 2018 Destaques Filmes Review
Resenha | Lady Bird: É Hora de Voar


Resenha | Lady Bird: É Hora de Voar (Reprodução) Lady Bird
Carolina Guedes

Lady Bird tem sido um dos filmes mais comentados durante a temporada de premiações, e com um número considerável de indicações para o Oscar 2018 – incluindo Melhor Direção, Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Filme – é impossível não ficar curioso para conferir o que esse filme tem de tão espetacular para conquistar o coração do público e dos críticos.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Pois bem, Lady Bird não é um filme excepcional que te traz uma experiência completamente diferente de todas as outras no cinema. O filme tem um ritmo bem lento, com algumas turbulências, e não tem pressa nenhuma para contar a história de sua rebelde protagonista. Não é um filme para se assistir com expectativas altas ou de esperar um ápice de drama… Pelo o contrário, o filme se trata de uma realidade um tanto comum para quem passou por uma adolescência confortável, com uma família boa, porém só se deu conta disso depois.

É complicado analisar o filme como algo “comum” somente pelo fato de não se tratar de uma história diferente de tudo, ou de não ser algo extraordinário. Acredito que o objetivo aqui nunca foi esse, mas sim passar o sentimento do que é o turbilhão de emoções durante a adolescência e o “cair na real” da vida adulta. Todo mundo que passou por uma situação similar a da protagonista consegue facilmente se identificar não só nos momentos bons, mas principalmente nos momentos ruins e isso é algo delicioso de se sentir no cinema.

O grande vilão desse filme é a forma que você o encara. É um filme leve e sem compromisso que pode trazer uma reflexão tardia sobre o que é a ingratidão da adolescência e o quanto as pessoas tendem a não dar valor para algo simples que de tão familiar se torna invisível aos olhos de quem simplesmente não quer sair da “bolha” que a comodidade nos colocar.

Um grande trabalho por parte de Greta Gerwig que conseguiu passar, o que possivelmente é uma história pessoal de sua vida, de forma bem realista e um bom trabalho por parte de seu elenco que teve uma harmonia boa e perceptível. Lady Bird mostra que as vezes o comum e o familiar é talvez a melhor parte que você está deixando passar.

Confira outras resenhas de filme aqui.

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!