“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

16 de novembro de 2017 Destaques Notícia Séries
Elenco e equipe de One Tree Hill acusam showrunner de assédio sexual
Uma grande série, com um péssimo líder.

Elenco e equipe de One Tree Hill acusam showrunner de assédio sexual (Reprodução) One Tree Hill
Carolina Guedes

A notícia não é boa para os fãs de One Tree Hill. O showrunner da série, Mark Schwahn, é o mais recente acusado de assédio sexual em Hollywood, aumentando ainda mais a lista de decepções.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

As acusações vieram a público na segunda-feira (13) após o elenco e a equipe da antiga série da CW ter assinado uma carta apoiando antigos colegas em suas acusações. A roteirista Audrey Wauchope acusou Schwahn de assédio sexual na época em que One Tree Hill ainda estava no ar.

A roteirista usou sua conta oficial do Twitter para compartilhar a péssima experiência que ela e sua parceira de roteiro, Rachel Specter, tiveram com Schwahn. As alegações são de que o showrunner fazia diversas coisas para deixar as mulheres desconfortáveis em um ambiente nada seguro, incluindo tocar nas mulheres sem a permissão das mesmas e tentativas de um contato além do profissional.

Em seus relatos no Twitter, a roteirista não chegou a mencionar um nome específico, mas ela deixou bem claro de qual série estava falando, declarando que os outros homens que trabalharam com ela em outros projetos eram tranquilos e profissionais (Wauchope também trabalhou no roteiro de Cougar Town). As acusações ficaram ainda mais claras após as atrizes Sophia Bush e Hillary Burton, que interpretavam duas personagens do trio feminino principal da série, apoiarem as declarações.

Após isso, as três atrizes e outras pessoas que trabalharam com a roteirista nos bastidores de One Tree Hill escreveram uma carta apoiando Wauchope e deixando claro que o comportamento inapropriado de Schwahn era um “segredo aberto” no set. Infelizmente, não foi possível uma denúncia na época, pois a série ainda estava no ar e existia muito mais o hábito de desencorajar mulheres a oficializar uma denúncia, com ameaças que incluíam “deixar milhares de pessoas boas, qualificadas e trabalhadoras sem um emprego.”

Confira a carta divulgada pela Variety na íntegra abaixo:

“Todos os membros do elenco feminino de One Tree Hill escolheram este fórum para se juntar em apoio a Audrey Wauchope e uns aos outros. Para usar a terminologia que se tornou algo familiar como a realidade sistêmica do assédio sexual está cada vez mais explícito, o comportamento de Mark Schwahn durante as gravações de One Tree Hill era um tipo de “segredo aberto”. Muitas de nós fomos, em graus variados, manipuladas psicologicamente e emocionalmente. Mais de uma de nós ainda está em tratamento para estresse pós-traumático. Muitas de nós foram colocadas em posições desconfortáveis e tiveram que aprender rapidamente a lutar, às vezes fisicamente, porque ficou claro para nós que os supervisores nas salas não eram os protetores que deveriam ser. Muitas de nós fomos tratadas de formas que nos afetaram profundamente, de formas perturbadoras, traumatizantes e francamente até ilegais. Algumas de nós focam colocadas em posições onde nos sentimos fisicamente inseguras. Mais de uma mulher em nossa série teve a trajetória de sua carreira ameaçada.

O que nos manteve seguindo nisto tudo foi, e ainda é, o nosso apoio inabalável e fé uma na outra. Confiamos uma na outra. Criamos espaços seguros para falar sobre o seu comportamento e como lidar com isso. Para alertar novas mulheres que se juntaram a nossas fileiras. Nós entendemos que muito disso foi orquestrado de maneiras que impediram alguns de ver. Também entendemos que ninguém estava totalmente inconsciente disso. A falta de ação que tem sido rotina é intolerável. Queremos, coletivamente, fazer eco das chamadas de mulheres em todo lugar que exigem uma mudança veemente em todas as indústrias.

Muitas de nós ouviram, durante as filmagens, que falar sobre essa cultura resultaria em um cancelamento da série e centenas de pessoas adoráveis, qualificadas, trabalhadoras e talentosas perderiam seus empregos. Essa pressão não é adequada para se colocar em cima de jovens mulheres. Muitas de nós desde então ficaram em silêncio em público, mas tiveram canais de comunicação muito abertos em nosso grupo de amigos e em nossa indústria, porque queríamos que One Tree Hill permanecesse um lugar “onde tudo é melhor e tudo é seguro” para os fãs; alguns dos quais disseram que o programa literalmente salvou suas vidas. Mas a realidade é, nenhum espaço é seguro quando tem um câncer subjacente e infeccioso. Trabalhamos para recuperar nosso poder, tornando as convenções próprias e saboreando as boas lembranças. Mas há mais trabalho a ser feito.

Todas estamos profundamente gratos pela coragem de Audrey. Uma para a outra. E para todos os companheiros do sexo masculino e membros da equipe que chegaram ao nosso grupo de mulheres para oferecer seu apoio nestes últimos dias. Eles ecoam o maior grito de união que deve nos levar a mudança. Acreditem Mulheres. Nós estamos todas juntas nessa.

Com amor e coragem,

O elenco

Sophia Bush, Hilarie Burton, Bethany Joy Lenz, Danneel Harris, Michaela McManus, Kate Voegele, Daphne Zuniga, India DeBeaufort, Bevin Prince, Jana Kramer, Shantel Van Santen, e Allison Munn;

e a corajosa equipe

Audrey Wauchope, Rachel Specter, Jane Beck, Tarin Squillante, Cristy Koebley e JoJo Stephens.

One Tree Hill teve um total de nove temporadas e foi ao ar de 2003 à 2012. Mark Schwahn ainda não se pronunciou sobre as denúncias, mas a E! Network, emissora responsável por sua série atual, já declarou estar averiguando o assunto. Schwahn faz parte da produção de The Royals.

SOS | Outras Notícias Relacionadas:
Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!