“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

3 de julho de 2017 Review Séries
Crítica | Veep – 6ª Temporada


Crítica | Veep – 6ª Temporada (Reprodução)
Carolina Guedes

Vamos falar da 6ª temporada de Veep?

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Na semana passada, a comédia que vem passando o rodo em todas as premiações americanas concluiu mais uma temporada exibida pela HBO. Assim como nos outros anos, Veep conseguiu entregar com um humor negro uma série de qualidade com episódios inacreditáveis de tão hilários.

Nessa temporada tivemos Selina Meyer já fora da Casa Branca e do governo americano, tentando descobrir qual seria o próximo passo de sua vida. Com a fama de ser a política que menos contribuiu para o país em seu breve mandato como Presidente dos Estados Unidos, não é nenhuma surpresa saber que com seu egocentrismo, Selina mais uma vez pirou e acabou levando toda a sua equipe (ou grande parte dela) junto para o buraco.

Após perder o seu posto e qualquer oportunidade de um cargo importante na política do país, pudemos ver Selina correndo atrás de uma construção de uma biblioteca em seu nome – afinal, todo ex presidente dos Estados Unidos tem sua própria biblioteca – desenvolvendo um caso amoroso com um descendente das arábias e como sempre pagando MUITO mico.

Uma das coisas que chamou muito a atenção nessa temporada, foi o comportamento de Selina com Catherine. Quem acompanha a série sabe que a personagem nunca foi de tratar bem a sua filha, mas a falta de escrúpulos com a Catherine nessa temporada, agora grávida, foi sem tamanho. Selina usou a residência, a herança e até mesmo O NETO para conseguir alcançar seus planos, sem pensar em nenhum segundo na opinião ou sentimentos da filha… Com certeza essa temporada marcou a época mais sem noção de Selina Meyer.

Outra jogada boa da temporada foi mais foco para Gary! Finalmente descobrimos um pouco mais da vida, e até mesmo da família do “faz-tudo” da equipe e como ele se porta perto de seus familiares. A visita de Selina na cidade do Gary com a mãe dele pedindo toda hora pra ela dar um neto foi um dos pontos mais altos da temporada, com certeza. Essa característica de Veep sempre dar uma atenção maior para seus personagens no momento certo é um diferencial que faz com que a série continue aclamada como sempre.

Como nessa temporada tivemos toda a equipe fora da Casa Branca, a série teve oportunidade de explorar outros caminhos e isso foi muito interessante. Abriu portas para o que amamos em toda série de comédia: FLASHBACKS. Além de conhecermos mais a casa e família de Gary, conseguimos ver flashbacks de quando Selina estava concorrendo a senadora, quando Selina conseguiu seu primeiro escritório e até mesmo quando ela deu a luz a Catherine. A jogada de Veep de revelar cada vez mais o quão podres são seus personagens, por incrível que pareça, da certo e deixa tudo mais hilário.

Com situações ridiculas, Veep encerrou mais uma temporada e deixou MUITA coisa para uma próxima temporada ainda melhor. Temos Amy grávida do Dan, Richard, Catherine e Marjorie cuidando do Little Richard (se é que esse será o nome dele mesmo), toda a equipe de volta junto e uma Selina insana querendo concorrer a presidência de novo. Vale lembrar que Jonah Ryan também quer concorrer a presidência… Os Estados Unidos não poderiam estar pior na realidade de Veep, isso é certeza.

E que venha a 7ª temporada!

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!