“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

2 de dezembro de 2017 Destaques Review Séries
Crítica | Dark – 1ª Temporada


Crítica | Dark – 1ª Temporada (Reprodução) Crítica Dark

A Netflix lançou ontem (1) uma nova série que promete surpreender os seus assinantes. Dark chegou sem prometer muito, sem causar muito alvoroço e acabou sendo uma das melhores séries que estrearam esse ano, e podemos falar isso com toda a certeza do mundo.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Resolvi assistir Dark sem assistir ao trailer ou ler sinopse do que a série se tratava, pois bem, para quem está no escuro como eu estava vai uma breve explicação do que a nova série apresenta: A história acompanha quatro diferentes famílias que vivem em uma pequena cidade alemã. Suas vidas pacatas são completamente atormentadas quando duas crianças desaparecem misteriosamente e os segredos obscuros das suas famílias começam a ser desvendados.

Bom, para começar vale mencionar que é uma série da Alemanha, então para quem conhece algumas obras da Europa já sabe que o clima é bem mais sombrio do que estamos acostumados a ver em produções americanas ou brasileiras. A série consegue entregar uma trama interessante, com muitos personagens (muitos mesmo!) e usa desde diálogos até a trilha sonora para deixar a cena mais sombria do que qualquer coisa… Não preciso nem dizer que as técnicas usadas aqui deram muito certo.

Crítica Dark

Como os produtores já haviam declarado ao público, Dark consegue ser bem mais sombria quanto o seu título indica. É uma série diferente, com personagens extremamente humanos em seus defeitos e erros na vida e que entrega a sua proposta aos poucos, te jogando uma linha bem fina no primeiro episódio só para terminar o último com o peso de uma pedra. A experiência maravilhosa de dar inicio ao algo esperando uma coisa, imaginar outra completamente diferente lá pelo quinto episódio, para no sétimo não ter certeza de absolutamente nada e terminar o décimo com um sentimento extraordinário de gratidão e surpresa com uma obra é algo raro hoje em dia e é algo que essa nova série consegue fazer com uma facilidade invejável.

A história pode ser comparada em algumas coisas com Stranger Things, com Twin Peaks, com Les Revenantes e até mesmo com Black Mirror. De fato, algumas cenas ou acontecimentos podem lembrar brevemente o que já vimos nas séries citadas acima, mas não se enganem. Dark jogou todo o conceito de suas pares no liquidificador e como resultado conseguiu uma identidade própria que faz desnecessária qualquer comparação e isso é nítido para quem alcança o último episódio, encerrando essa primeira temporada lá no alto.

Algumas coisas que valem ser lembradas ao iniciar a série é que por ser uma obra estrangeira, você pode estranhar a forma da história ser contada, os diálogos, mas logo você acostuma e fica com vontade de conferir mais da televisão alemã. Dark tem inúmeros personagens e isso incomoda a princípio pois você fica perdido tentando memorizar tantos rostos novos, porém a série vai explicando a necessidade de cada um ali de forma brilhante e depois você tem que aplaudir com os pés enquanto indica a série para os amigos. A fotografia é com certeza uma das melhores coisas aqui, a produção acertou em cheio no objetivo dessa obra e não nos resta nenhuma dúvida disso.

Dark é uma série que vale a pena, que leva o seu tempo para contar a história e consegue te levar de um momento sossegado no sofá até a ansiedade que te faz roer todas as unhas da mão, finalizando com o choque quando uma história se entrelaça na outra. Parabéns Netflix, a nossa vida social foi pro buraco mais uma vez, mas por um ótimo motivo.

Crítica Dark

Confira outras críticas aqui.

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!