“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

19 de dezembro de 2017 Destaques Eventos Notícia Quadrinhos
#CCXP2017: Seria o Artists’ Alley o paraíso dos quadrinhos?


#CCXP2017: Seria o Artists’ Alley o paraíso dos quadrinhos? (Reprodução) #CCXP2017 | Artists Alley
Jorge Roldan

R.: COM CERTEZA!

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Se você já foi na Comic Con Experience sabe muito bem o quanto fica perdido na imensidão de informações. São tantas atividades, exposições e oportunidades que você mal sabe qual aproveitar primeiro! Neste ano de 2017 não foi diferente. Até o mais metódico que olhava o mapa não sabia por onde começar. Mas uma coisa é certa: Se você curte HQs, com certeza seus olhos se encantaram com o centro do mapa, que continha um espaço enorme para o Artists’ Alley!

Simulação da sua visão ao olhar o centro do mapa da CCXP 2017.

O Beco dos Artistas foi patrocinado pela Itubaína, que teve uma ótima estratégia de publicidade para a marca. Sua Estande trouxe atividades que simulavam super-poderes para quem participava e ainda tinham garrafas exclusivas com desenhos da Liga da Justiça feitos pelo quadrinista Ivan Reis, o artista ícone da DC Comics que esse ano ainda desenhou posters exclusivos do filme.

Poster exclusivo do filme Liga da Justiça.
Poster exclusivo do filme Liga da Justiça.

O Artists’ Alley é um espaço onde você encontra vários quadrinistas ao mesmo tempo! Além de fornecer o encontro entre fãs e artistas, o espaço ainda dá a chance de trocar ideias com eles, pegar sketches, prints e assinaturas. São muitas artes ótimas lá para apreciar e pegar! Como tinha sido minha primeira vez no evento, fiquei me perguntando o que diabos seriam os cones que eu via algumas pessoas carregando nas costas durante as filas. Assim que entrei no Beco dos Artistas entendi na hora. (Para você entender, o “cone” que eu me refiro é o que o cara de óculos carrega em suas costas na foto abaixo:)

#CCXP2017 | Artists Alley

07/12/2017 – São Paulo, São Paulo – Cobertura fotográfica do evento CCXP 2017 no São Paulo Expo. Fotos: Flávio Battaiola/Galpão de Imagens

Esses “cones” que no começo eu achava que era alguma bolsa cara para câmeras fotográficas, na verdade funcionam como porta-posters! EXTREMAMENTE ÚTIL no Artists’ Alley! O que tinha de sketches, prints, posters e artes fodas que dava para pegar com alguns artistas… Era incrível!

Uma dica caso você ainda não tenha ido e pretende ir no ano que vem: NÃO SEJA TÍMIDO. Vá em frente, fale com seu artista favorito, também com o que você acabou de conhecer e curtiu o trabalho. Eles estão lá para isso, aliás eles QUEREM que você faça isso. Fora que aposto que você vai curtir muito trocar ideias com eles, afinal a Artists’ Alley é feita por gente como você: fã de quadrinhos!

Outra dica: aproveite para levar seus quadrinhos feitos pelos artistas que participarão do evento no ano que vem para que eles possam autografar! Também aproveite para dar uma olhada nos trabalhos dos ótimos artistas que temos aqui no nosso país!

Falando em quadrinhos nacionais, lembra da HQ com arte e roteiro espetacular que postei uma resenha aqui no site chamada SYAM? ELA FOI UMA DAS HQS QUE CONSEGUI AUTÓGRAFO!!! Aproveitei também para perguntar sobre o segundo volume que não chega logo, perguntei se seria continuado e o Rod Fernandes falou que provavelmente sim, dependeria mais do Bruzzesi, o roteirista da HQ. O jeito mesmo é esperar enquanto admiro minha cópia da HQ bonitinha e autografada na minha estante:

Syam e Exterminador autografados! #CCXP

A post shared by Jorge Roldan (@jlroldan) on

 

#CCXP2017 | Artists Alley

07/12/2017 – São Paulo, São Paulo – Cobertura fotográfica do evento CCXP 2017 no São Paulo Expo. Fotos: Flávio Battaiola/Galpão de Imagens

Sobre todas essas coisas que encontrei no Artists’ Alley da CCXP, algumas delas eram de graça, outras alguns artistas cobravam. Humberto Ramos, famoso artista da Marvel que desenhou por muitos anos o Homem-Aranha, hoje trabalhando no título Champions, foi criticado por algumas pessoas por cobrar até mesmo por autógrafos. Mesmo assim, isso não deixou que a fila de sua mesa ficasse pequena! Em uma entrevista para o canal 2 Quadrinhos, ele justificou esse ato com argumentos bem convincentes, dizendo que, apesar de gostar de encontrar-se com os fãs, trocar ideias e tudo mais, isso faz parte do seu trabalho, ele precisou sair de casa, deixar sua família para ir. Confira a entrevista completa no 2 Quadrinhos.

A posição onde foi colocado o Artists’ Alley não poderia ser melhor. Aliás, a organização do evento referente a posição das Estandes foi muito boa no geral. Teve a rua do mangá que continha tudo relacionado a cultura oriental, entre eles a editora JBC e a melhor rede de streamming de animes de todas, a Crunchyroll. Sobre a rua dos quadrinhos, sendo o Artists’ Alley o centro dela, em sua volta tinha a editora Panini, a estande da Turma da Mônica, da Comix, Comic Hunter e várias outras relacionadas a quadrinhos. É o local que mais se encaixa com a Comic Con! É o paraíso dos quadrinhos e a tentação para seu bolso.

Confira mais o que rolou na #CCXP2017 aqui.

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!