“Um Lugar Para os Apaixonados por Séries”

Seja bem vindo! | Versão: 2.o

25 de agosto de 2017 Destaques Filmes Notícia Quadrinhos
A introdução do Multiverso DC nos cinemas
A possibilidade de ótimos filmes e a confusão da grande massa

A introdução do Multiverso DC nos cinemas (Reprodução) Multiverso Dc

Até o momento em que saiu a notícia de que a Warner está trabalhando em um filme solo do Coringa, boatos e polêmicas começaram a surgir. O projeto será comandado por Todd Phillips, diretor de Se Beber Não Case; um boato surge de que Martin Scorsese estaria envolvido no projeto, e o polêmico anúncio de que retrataria uma história de amor e que o personagem não seria interpretado por Jared Leto, o Coringa de Esquadrão Suicida, cânone do universo cinematográfico recém-criado dos personagens da DC Comics, gerou barulho e discussões na internet.

» Siga o SOS no Facebook , Instagram e no Twitter e receba todas novidades das séries! «

Segundo o site Hollywood Reporter, o fato é que a Warner Bros está criando um novo rótulo para filmes de personagens da DC Comics que não fazem parte do universo compartilhado que iniciou com Homem de Aço e Batman vs Superman. Enquanto a concorrente, Marvel Studios, segue no caminho de unir os personagens que ainda possui direitos cinematográficos em um mesmo universo nos cinemas, afirmando isso constantemente seja com falas ou pequenas e grandes participações, a DC está traçando uma rota diferente, que, se feito corretamente, tem tudo para chegar no mesmo destino: sucesso de público e bilheterias!

A ideia de multiversos não é algo novo. Muitas vezes já aconteceu nos quadrinhos, gerando ótimas histórias, muitas vezes por não se prender ao universo cânone. Essa liberdade desprende roteiros, deixando de lado o medo de matar ou alterar bruscamente os caminhos de personagens que poderiam seguir outros passos para futuros filmes, dando espaço para a criatividade de artistas, característica marcante da editora DC, também dona do selo Vertigo.

Apesar da possibilidade de futuras histórias diferentes e de ótima qualidade, podendo ousar e quem sabe até mesmo ganhar prêmios, e dessa vez não só por maquiagens ou efeitos especiais, já que a liberdade criativa atrai ótimos diretores e roteiristas que não gostam de se prender às vontades de estúdios, pode causar um risco de confundir o grande público. “Mas o ator não era outro?”, “Quais filmes devo assistir antes para entender esse?” são perguntas que provavelmente serão geradas pelo público que não terá o conhecimento de que o filme “A” não faz parte da realidade alternativa “1” (ás vezes nem mesmo sabendo o que é uma realidade alternativa).

Qual seria a solução para ter um Multiverso DC nos cinemas sem confundir a massa? Será que o caminho de simplesmente lançar filmes de realidades alternativas com mesmos personagens já apresentados com atores diferentes nos filmes cânones a melhor opção? Ou, talvez, introduzir a ideia de Multiverso em Liga da Justiça que estreia 16 de novembro nos cinemas ou em Flashpoint? O que nos resta é esperar e torcer que com isso venham ótimos filmes!

 

Confira o checklist de agosto dos quadrinhos da DC e nossa opinião aqui.

Assista ao Projeto Aranha Amazing, onde faço um resumo e comento sobre cada edição das histórias em quadrinhos do Homem-Aranha desde Amazing Fantasy 15! No HQ DAORA:

Comentários
Queremos saber o que você pensa! Este espaço é especialmente para você deixar seus comentários. Deixe sua opinião e nos ajude a construir um Sons of Series cada vez melhor e mais completo. Debates são super bem vindos, desde que as opiniões sejam respeitadas e expressas de maneira educada e sem ofensas gratuitas. Caso observe qualquer tipo de conteúdo preconceituoso ou ofensivo, por favor, não exitem em nos contactar!